capa-fimLima & Delou (2016 – Organizadoras)

O conceito de diversidade está relacionado à pluralidade, multiplicidade, diferentes ângulos de visão ou de abordagens, heterogeneidade e variedade. A inclusão é a comunhão dos diferentes, dos contrários e deve fomentar a relação igualitária que sobre passa uma simples tolerância mútua. Não estamos falando que se deve preparar uma pessoa diferente para integrá-la na sociedade, mas adequar a sociedade para incluir as pessoas diferentes. O termo Diversidade e Inclusão envolve toda e qualquer ação que reconheça as pessoas com demandas especiais e que fomente as práticas legais que garantam a inserção destas na sociedade (sistema escolar, atividades profissionais e práticas sociais), através da aceitação e da acessibilidade, possibilitando assim criar sistemas especiais em que as pessoas possam desenvolver suas potencialidades e contribuir para a ampliação das práticas que garantirão a sua plena inclusão. O propósito deste livro é abordar os diferentes Pontos sobre o tema.

E-book e Impresso em:

http://www.perse.com.br/novoprojetoperse/WF2_BookDetails.aspx?filesFolder=N1461693489167

 

capa-pontos-de-vista-em-inclusao-e-diversidade-ii

Lima & Delou (2016 – Organizadoras)

Avanços na esfera acadêmica – que trata e forma profissionais para atuarem na área de diversidade e inclusão – são muito recentes no Brasil, apesar das ações internacionais direcionadas ao tema desde 1990. Dentre os 10 objetivos estabelecidos pela Declaração Mundial sobre Educação para Todos, estão: a Satisfação das Necessidades Básicas de Aprendizagem e a Universalização do acesso à educação e à promoção da equidade. Tais objetivos apontam para os grupos historicamente excluídos da educação básica – crianças, jovens e adultos que vivem em desigualdade nas nossas sociedades, principalmente meninas e mulheres, além de grupos excluídos, tais como: a) os pertencentes às periferias urbanas e zonas rurais; b) os nômades e trabalhadores migrantes; c) povos indígenas, minorias étnicas, raciais e linguísticas; d) refugiados; deslocados pela guerra e os submetidos a regime de ocupação. Esses e muitos outros temas a respeito da educação especial estão abordados nesse volume.

E-book e Impresso em:

http://www.perse.com.br/novoprojetoperse/WF2_BookDetails.aspx?filesFolder=N1476155979272

 

 

capa-biologia-quase-ao-extremo

Lima (2016 – Organizadora)

Ao buscar na internet o termo “Biologia ao Extremo” nos deparamos com dois blogs que tratam de temas considerados exóticos na área biológica como venenos e a identificação de estruturas morfológicas de características dúbias que podem confundir o observador. Entretanto, o proposto deste livro é mostrar que não existe Biologia ao extremo e SIM Quase ao Extremo, pois tudo é possível no planeta em que vivemos. Nosso planeta tem 4540 milhões de anos e estima-se que ele abrigue cerca de 8,7 milhões de espécies das quais somente 1,3 milhões já foram descritas e catalogadas pelos taxonomistas. Estima-se também que 86% de espécies que habitam as áreas continentais montanhas, vales, florestas, savanas, rios, lagos, entre outros, e 89% de áreas marinhas ainda não foram descritas e/ou descobertas. Em que condições ambientais as espécies vivem e sobrevivem? Que relações entre elas e com o ambiente são necessárias para sua sobrevivência? O que é padrão e o que é exceção para a vida? Esse livro abrange a inclusão social por se trata de um veículo de divulgação científica.

E-book e Impresso em:

http://www.perse.com.br/novoprojetoperse/WF2_BookDetails.aspx?filesFolder=N1470175591098